sexta-feira, 20 de março de 2009

o que passou... passou...




Ontem fui para o Calaf (um lugar muito doido) era dia de samba... Amo samba! Eu e meu amigo... entramos felizes e contentes, imaginando que o local teria dado uma melhorada... pois no último samba que fui tive a nítida impressão de estar a beira do inferno... E para aminha grata surpesa não é que o local P I O R O U! Fiquei tão chocada com o povo! Com a vulgaridade estampada, com a exposição das figuras... Não que eu seja puritana... longe de mim, mas... não estou muito acostumada com isso... Na verdade quem estava no lugar errado era eu... eu já tinha sido avisada que o Calaf na sexta-feira não é lá essas coisas. Mas como sou igual Santomé... fui lá pra conferir. Me senti completamente deslocada... Até a hora que encontrei o povo da minha cidade "natal"... Cidade Ocidental (logo alí)! Parece que a city baixou toda lá! Me senti com 16 anos... todas aquelas pessoas que participaram da minha adolescência, alguns de forma positiva, outros nem tanto... Mas todos estavam lá... se jogando no sambão! Por um breve momento senti saudade daquela vida doida, daquelas companhias "erradas" mas que são tão legais. Mas... logo logo me lembro de tudo que ví, dos amigos que perdi para a bandidagem... e de verdade, a saudade passou. Percebi que a vida que levo é bela e que o momento de conviver com aquelas pessoas já passou. Optei por não ser daquele jeito, optei por estudar, levar uma vida normal, não me envolver com o que não presta, ser careta mesmo! Por isso percebo que a hora de conviver com aquelas pessoas tem que ficar lá... há 16 anos atrás, quando eu era uma mula inoscente, que nada percebia, que acreditava que meus amigos bandidos não eram bandidos, que eles apenas eram perceguidos injustamente. ai ai...

Nenhum comentário:

Postar um comentário