sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

de volta ao divã...


Vamos quebrar paradigmas não é mesmo minha gente???? Então... lembram que fui ao médico... Pois é! Obvio que ela indicaria terapia... pois como a médica mesmo falou... Terapia é sempre bom! O problema é que na tal clínica só tem vaga "imediata" para "tratamento" com homem. Bem, não é nada pessoal, pois para a maioria das coisas da vida eu prefiro os homens hehehehehe... Mas terapia, onde vou mostrar toda a minha fragilidade, meus medos e aflições... prefiro as mulheres. Nas minhas sessões eu falo muito, e isso inclui uma leva gigantesca de palavrões e "otras cossitas más" que não teria a menor coragem de falar para um homem. Mas... tenho que fazer terapia, então.... Marquei! Com um homem. Tipo, aquela coisa prática, sem muito sentimento, sem muita sensibilidade, direto e reto... Vai que dá certo né?! Tenho uma amiga que faz terapia com homem... e ela gosta muito, inclusive me recomendou, mas ela é assim.. prática, direta e reta, sem muitas firulas e floreados... Eu embora pareça, e em alguns momentos até seja bem tosca, para algumas coisas acho necessário a sensibilidade... Mas, "vamo lá!". Marquei pra segunda-feira, pra acabar logo com a ansiedade. Depois eu conto como foi! MEDA!!!!

Um comentário:

  1. ARISTARCO PEDERNEIRAS20 de fevereiro de 2010 02:28

    Espia,
    Nesse negócio de terapia e coisa e tal, o que importa mesmo é a EXPERIÊNCIA do profissional que vai lhe atender e não o sexo, compreende ?
    Ahh, espia, outra coisa muito importante também que é o seguinte:
    O profissional que for lhe antender, seja ele hômi ou mulé, somente PODERÁ LHE AJUDAR SE VOCÊ FALAR, compreende? Espia, FALAR = DESMBUCHAR, NÃO ESCONDER NADA, NÃO TER VERGONHA DE SENTIMENTOS, FALAR, FALAR E FALAR, pois só assim ele ou ela poderá lhe ajudar, compreende?

    Boa Sorte.

    ResponderExcluir