quarta-feira, 10 de março de 2010

não faça nada...



"Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer."

Sábia Clarice Lispector, 




hoje estou assim... meio mal humorada... meio reflexiva... meio em dúvida de que rumo tomar em minha vida... meio não querendo  nada... mas ao mesmo tempo querendo tudo... Essa eterna insatisfação me deixa muito P da vida... Queria não sentir tanta falta de certas coisas como sinto! Queria não me importar... Mas... me importo! 

2 comentários:

  1. Ai meu Deus... e a paixão? Esse teu texto me deu vontade de chorar. To doente!!! Eu não faço nada? To despedaçadaaaaaaaaaaa....

    ResponderExcluir
  2. Tudo pode aquele que quer! Não desista, seja obstinada.

    ResponderExcluir