sexta-feira, 10 de julho de 2009

TPM... O RETORNO


Credo! este mês a TPM veio com tudo! estou podre... com uma enxaqueca que mal consigo abrir os olhos... já tomei 8 neosaldinas só hoje e estou prestes a tomar mais duas. Minhas pernas estão inchadas, minha barriga está maior que o normal.... e blá blá blá blá blá.... isso físicamente pois ainda tem o estado mental... que está completamente alterado! Estou me sentindo uma completa maluca.... mais do que já sou! Já chorei horrores, perdi o sono esta noite, já gritei com algumas pessoas... e se eu estivesse dirigindo, acho que o estrago seria muuuuuuuuito pior!Ainda tem o desejo descomunal por doces.... estou AGORA... NESTE EXATO MOMENTO devorando uma grande panela de brigadeiro com coca-cola (ainda bem que não tenho tendência a engordar... se não....)! Graças a Deus esse bando de sintomas desarmonizantes vão embora daqui alguns dias, pois se eu fosse insuportável como estou agora, o tempo todo, acho que alguém já teria mandado me matar! Ou quem sabe eu mesma já teria providenciado o serviço...

ELA CHEGOU...






Gente... confesso... Tô carente! sniff... faz parte da vida, então vou conviver com ela... até o dia que ela se for! Quero minha terapia de voltaaaaaaa....

Vou postar um texto legal que achei sobre o assunto.



Fonte: Site Bolsa de Mulher



Afinal, você sabe administrar a carência????



Quando ela chega, não dá para fingir sua presença. Vem com vontade e pede toda sua atenção. Não tem hora marcada, não tem dia apropriado, não faz distinção. Ela te encontra, independentemente se você é homem ou mulher, magro(a) ou gordo(a), bonito(a) ou feio(a). Simplesmente aparece, sem ao menos ser convidada. E o pior: costuma exigir tratamento VIP, com direito a presentes, bebidas e chocolates, muitas vezes. O nome da visita? Carência. Um sentimento que, não necessariamente, condiz com a realidade, mas que traz uma sensação muito verdadeira de vazio para quem resolve abrir a "porta da casa". A questão é: como lidar com ela, uma vez que tenha entrado?


"Este sentimento está relacionado ao medo da solidão. Muitas pessoas precisam do outro para estarem bem", diz a psicóloga Karen Camargo. Para ela, é normal passarmos por momentos de fragilidade na vida. Tanto na infância, quando a criança necessita dos cuidados da mãe, como também na fase adulta. O fato é que não podemos precisar do outro com freqüência. "É impossível que alguém preencha nossa carência 100% do tempo. É necessário que se aprenda a lidar com a vida de uma maneira solitária. Nascemos e morreremos sós", afirma. Mas ela admite que, apesar de necessário, aprender a não depender emocionalmente dos outros é dolorido. "A cultura, de certa forma, nos solicita estarmos com alguém. A mulher que não se casa ou namora depois dos 30, por exemplo, fica para ‘titia' na visão da sociedade. É uma cobrança muito grande", diz Karen.


E esse alguém, do qual "se precisa", não vai estar apenas nos relacionamentos amorosos. Pode estar também nas amizades, na família etc. A carência remete à falta de amor - sentimento que pode ser encontrado e cultivado em vários tipos de relações. "Não quer dizer que a pessoa não receba amor. Trata-se de uma avaliação pessoal, que pode não ser real", comenta o psiquiatra Luiz Alberto Py, autor do livro "Saber Amar". Segundo ele, ao estar carente, a pessoa quer ser amada não só no presente, mas por tudo que já faltou para ela no passado. Ou seja, a carência de cada um depende da história de vida que carrega. Pode ser leve e ser sanada com um colo e cafuné, ou não. Pode perdurar e sair do controle de quem sente. E como diz a letra de Cazuza, a pessoa então segue, "levando em frente/um coração dependente/viciado em amar errado/crente que o que ele sente/é sagrado".


Torna-se então um problema quando não se consegue suprir essa necessidade. E a visita, quer dizer, a carência, já está lá espalhada em cima de sua cama, abrindo a porta da geladeira, tomando conta de tudo. De acordo com Luiz Alberto Py, quando não se consegue administrar essa situação, de duas uma: ou começa a cobrar manifestações de amor ou canaliza isso para outro lugar. Explicando: compra muito, come demais, fuma, bebe, enfim, faz coisas que lhe dão prazer e aliviam esse sentimento.


Ah... A felicidade! Como bem definiu o dramaturgo norueguês Henrik Ibsen, ela "é uma estação intermediária entre a carência e o excesso". O equilíbrio talvez. Ah... A felicidade. Sempre ela. Só que esta, ao contrário da carência, é o tipo de visitante que ninguém quer mandar embora.

Autor: Vanessa Oliveira

A SAGA DO ÔNIBUS QUEBRADO!



Olá pessoas...

Hoje passei pela emoção do ônibus quebrado! Quando peguei aquele ônibus tive a impressão que era inquebravel, afinal ele era novinho... um tanto quanto sujo, mas novinho... com um puta sistema de som... que para a minha total felicidade tocava "Raça Negra" e Funks da "melhor qualidade". Juro que por um breve segundo pensei em descer...Mas, o que não tem remédio, remediado está... e também já estou me acostumando com o gosto musical da população.... entrei, e fui... feliz e contente! Pego o itinerário W3 sul/norte (leia-se quase 50 km de minha casa)... No meio do caminho o ônibus morreu! Pensei que fosse problema com o motorista... Mas para a minha surpresa o bus amarelinho, novinho, com um puta som... quebrou mesmo! Imaginem 60 pessoas descendo... um corre corre, um empurra empurra, um povo nervoso pra chegar logo no trabalho... e eu alí no meio daquela bela confusão. Paramos na BR... fizemos um graaaaande aglomerado de gente, na espera de outro ônibus que nos coubesse e que parasse pra gente entrar! Por fim... depois de um tempo razoável de espera por um ônibus não tão lotado consegui chegar sã e salva!!! Pensando bem... eu estava até com saudade da sensação desse corre corre!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

MICHAEL JACKSON NÃO MORREU!



Ai gente... na boa, o povo não tem mesmo o que inventar nessa vida de meu Deus. Achei em um site a Teoria da Conspiração sobre a morte de Michel Jackson. kkkkkkk rolei de rir! Tá certo que tem sentido, mas seria muita sordidez se ele fizesse isso! Vou posta a matéria na íntegra pra vocês tirarem suas próprias conclusões.





Como é de praxe após a morte de super astros, os boatos em torno da morte de Michael Jackson já começam a se propagar, sobretudo na internet.
De acordo com o jornal inglês "The Sun", conspirações apontam que o cantor estaria planejando sua morte há cerca de 1 ano e meio e agora estaria vivendo escondido no leste europeu.

Boatos não param de surgir. Além dos relatos de que o Rei do Pop foi visto atravessando a fronteira do México poucas horas após o anuncio de sua morte, o site Michael Jackson Sightings publicou uma foto na qual o Rei do Pop aparece vivo no domingo, ou seja, alguns dias após a sua morte. Segundo a página, o corpo que estava na ambulância e que apareceu em fotos é de um doente terminal que fez diversas cirurgias plásticas como Jackson.

Alguns acreditam que tudo não passa de farsa e estratégia de marketing, pois o astro retornará no dia 12 para realizar a tão esperada turnê; outros acreditam que Michael ressurgirá daqui há 10 anos, assim que recuperar suas forças, para a turnê mais espetacular e lucrativa da história do rock.

As conspirações não param por aí. Segundo site americano, o astro propositalmente misturou medicamentos para gerar uma ocorrência médica. Ele esperava que a ida ao hospital pudesse livrá-lo do cumprimento da exaustiva turnê em Londres.

Muitos são os indícios apontados pelos fãs de que o astro está vivo, como por exemplo: Michael sempre viveu rodeado de assessores, empregados, crianças e etc. Quando morreu, quantas testemunhas mesmo? Por que o médico de Michael demorou meia hora para ligar para a emergência? Simplesmente por que não sabia com precião o endereço de Michael? A ex- mulher de Michael Lisa Marie Presley disse, um dia após a sua morte, que o popstar era uma alma torturada que certa vez fez o prognóstico de que iria "acabar" como o pai dela, o ícone do rock Elvis Presley, ou seja, morreria de ataque cardíaco.

Um vídeo no Youtube mostra imagens em que supostamente Michael se move durante o transporte de helicóptero para o necrotério(assista ao vídeo abaixo).

As conspirações são tantas que dariam não um, mas vários roteiros dignos de Hollywood- veja o exemplo do texto de Luciano Cadari abaixo-, afinal é possível projetar qualquer desejo ou qualquer história em uma estrela morta. Mas a verdade é que para a Indústria Cultural, Michael Jackson está mais vivo do que nunca.

Versão de Luciano Cadari
Com seus altos e baixos, descrente de si, com “Síndrome de artista rejeitado”, Michael jackson sonhava que com um passe de mágica ele iria ser o nome mais procurado na internet, capas de revistas, portais de internet e jornais em primeira página aclamando em destaque seu nome, seus feitos, suas musicas.

Super fã de Elvis Presley, casou com sua filha Lisa Marie Presley, para ser o “Genro do Rei do Rock”, que baseado no “Elvis não morreu” se inspirou na sua morte arranjada, plano digno de uma superprodução hollywoodiana. Acreditando que morrer seria o melhor a fazer.
A série de 50 Shows em Londres, que seria a partir de 13 de julho, faz parte do plano.
Maior de suas excentricidades: Assistir o show de sua própria morte, ver seus próprios fãs chorarem e aclamarem por ele. Atingir seu objetivo.

Mas suas maluquices não param por ai, ele fez questão de deixar várias pistas que serão notadas no futuro, para “dar o que falar”, e realmente para terem essa suspeita, isso gera mídia, faz com que as pessoas mesmo “mortas” continuam ter evidências.

Ajudas:

Além de eu e você que está lendo, pouquíssimas pessoas sabem da verdade, mais precisamente Jermaine Jackson seu irmão, dois médicos e um enfermeiro do hospital da Universidade da Califórnia (muito bem pagos).

Mudanças físicas:
Ele secretamente esteve em Cuba, onde da mesma forma existem transplante de coração, existe uma técnica de transplante da pele facial, que um falecido doador com todas as características necessárias para o Michael. Com bronzeadores artificiais, deixou o resto do corpo com o mesmo tom de pele latino do novo rosto. Como está sempre coberto ninguém alem dos envolvidos notou.

Em contra partida o mesmo corpo doador, recebeu o rosto do Jackson, para ser utilizada na autópsia arranjada, e ser velado no lugar dele.

Morte arranjada - O Plano perfeito:
Uma casa alugada em Holmy Hills. Previamente preparada para o inicio do seu maior show. Em um suposto coma profundo, os “cúmplices” decretaram a morte do astro pop, tão real que até mesmo os demais paramédicos não envolvidos acreditem da suposta parada cardíaca. Michael saiu vestido de paramédico, junto com pessoas não envolvidas na trama sem levantar suspeitas, já com seu visual latino. Entrou em uma ambulância onde nem o motorista percebeu, deixando-o no hospital e pegou sozinho um carro e foi longe de tudo e todos, facilitando sua escapada triunfal.

Novo local da moradia:
Até então morando na ilha artificial Amwaj na costa de Bahrein, escolheu algo mais simples e retirado de todos. Tinha em mente Ilhas Canárias baseadas na musica “Got To Be There (Canary Island Chillout)”, descartou por não ser privado o suficiente. Então escolheu uma ilha no mar Salomão, próximo ao nordeste australiano, local exato ainda não revelado. O passaporte que lhe dá a idade de 43 anos, a mesma idade do doador facial. Escolheu o dia 25 de junho de 2009 por ser uma data que terá revelações ligadas ao seu paradeiro, mas com objetivo de nunca encontrar-lo.

Previsões:
Em 2011 estará nas telas do cinema um filme baseado na vida e morte de Jackson. Patrocinada secretamente e indiretamente por ele mesmo.

O Retorno:
O retorno está inicialmente previsto em exatos 10 anos após sua morte com então 60 anos. Claro se não morrer de verdade até lá. Que será definitivamente mais soberbo e mais comentado que sua própria morte.


Texto:Lorena Nina

Fonte: Áudio OK

FAROFA CARIOCA EM BRASÍLIA - DIA 24/07/2009


PÁRAAAAAA TUDOOOOOO.....



Farofa Carioca em Brasília.... e perto do meu aniversário. Vou antecipar as festanças e comemorar o som de uma das minhas bandas favoritas! Quem tiver a fim de curtir um bom som junte-se a mim dia 24/07/2009!!!!